Artigos mais populares

preço do Bitcoin BTC hoje

Analisando o Bitcoin (BTC) hoje

Sexta-feira, 22 de dezembro de 2023 A análise de hoje mostra a movimentação do Bitcoin no...

30/01/2023

Saiba mais
O que é CCB e como funcionam os tokens de recebíveis de CCB?

O que é CCB e como funcionam os tokens de recebíveis de CCB?

Os investimentos em CCBs (Cédulas de Crédito Bancário) têm se destacado como uma opção...

16/03/2023

Saiba mais
Rolante: como funciona a cidade que mais aceita Bitcoin no mundo?

Rolante: como funciona a cidade brasileira que mais aceita Bitcoin no mundo?

Rolante é uma cidade no Rio Grande do Sul com 21 mil habitantes, uma cidade pequena a 100...

26/07/2023

Saiba mais

Últimos artigos

Tendências da securitização com o uso da tokenização e da blockchain | Gabriel Lopes

Gabriel Lopes (Head de Originação e Distribuição da VERT Capital) explora a evolução do...

19/07/2024

Saiba mais
FIDC e TIDC: diferenças de estrutura, custos e funcionamento | Alexandre Freitas

Alexandre Freitas explora os detalhes do Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC),...

05/07/2024

Saiba mais
O que é Alavancagem Financeira para empresas e para investimentos

A alavancagem financeira é um conceito fundamental tanto para empresas quanto para investidores,...

02/07/2024

Saiba mais
Glossário da economia tokenizada: Sopa de Letrinhas

Confira o nosso Glossário por ordem alfabética para entender os principais conceitos,...

25/06/2024

Saiba mais
Como a blockchain pode beneficiar o mercado de crédito? | Victor Yen

Victor Yen explora como a tecnologia blockchain está revolucionando o mercado de capitais,...

21/06/2024

Saiba mais
As principais ineficiências do Mercado de Capitais para os investidores

No universo dos investimentos, a análise criteriosa e a compreensão das ineficiências do mercado...

19/06/2024

Saiba mais

Crie a sua conta.
Leva menos de 2 minutos!

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.

O produto Liqi Tokens permite a tokenização de ativos e produtos financeiros e abre novas oportunidades de captação e antecipação para empresas.

Confira o que faz sentido tokenizar, quais empresas podem se beneficiar, qual é o passo a passo para a tokenização e quais são as principais vantagens para empresas, investidores e o mercado financeiro como um todo.

Tudo isso nas palavras de Leonardo de Geus (Group Product Manager da Liqi), responsável pelo desenvolvimento desta oportunidade para o mercado.

O que é Liqi Tokens?

A Liqi Tokens é o serviço (ou produto) que visa transformar ativos tradicionais em tokens digitais, trazendo inovação para o mercado financeiro brasileiro. 

Desde 2017, conseguimos observar a conexão dos cryptoassets com a malha financeira e a possibilidade de tokenizar ativos e produtos financeiros agora é uma possibilidade para as empresas.

Um diferencial do serviço oferecido pela Liqi é o valor muito forte em personalização. Dessa forma, criamos melhores casos de uso e conseguimos diminuir os riscos

A ideia é que quanto menos fricção o usuário tiver, melhor. 

A tecnologia blockchain junto com a tokenização vêm muito com essa missão. A evolução do mercado entre 2021 e 2024 é exponencial. É o mercado com construções tradicionais que levaram décadas, séculos, e que agora estamos vendo uma disrupção em pouco anos.

O produto Liqi tokens faz com que esses ativos sejam tokenizados, ou seja, fragmentado em partes menores, os Tokens, com todas as regras da operação pré-programadas em contratos inteligentes

Quando a oferta é concluída, o valor captado (ou a antecipação) fica disponível para saque pela empresa emissora. 

E, uma vez que a operação é concluída (ou nas datas de pagamento em parcelas), ela é liquidada para os investidores, que podem sacar ou reinvestir. Sempre com muita transparência!

O que faz sentido tokenizar?

A tokenização surge como uma resposta à crescente demanda por eficiência e transparência no mercado financeiro

Hoje, podemos destacar como o Banco Central e a CVM estão fortemente puxando este tema. 

A Liqi Tokens identifica oportunidades tanto na emissão quanto na distribuição de ativos. 

Desde recebíveis até cédulas de crédito bancário, uma ampla gama de ativos pode ser tokenizada, reduzindo custos e ampliando o acesso ao mercado de capitais para empresas de todos os portes.

O principal é ter em mente duas frentes, de emissão e de distribuição, que precisam funcionar como um ecossistema. 

Na prática, tudo pode ser tokenizado. Você pega as regras do ativo ou da operação e os desenvolvedores escrevem essas regras através dos smart contracts. 

Para saber se vale a pena tokenizar é necessário entender se compensa portar aquele ativo para a malha on chain. Se é necessária a agilidade, transparência e, principalmente, se compensa financeiramente. 

É uma via de mão dupla definir a viabilidade para seguir para o processo de produtização para testar no mercado o interesse.

Quais as oportunidades dos TIDCs?

Para a criação do primeiro TIDC, entramos junto com os emissores, entendemos as regras e vimos que o custo era muito menor mesmo. 

Começamos a perceber que a malha tradicional por ter muitos players processo era muito mais cara e, quando transportava para a blockchain, fazia muito sentido tokenizar.

Para conseguir fazer um FIDC dentro do mercado tradicional, há uma série de empresas para fazer com que o processo funcione. Por exemplo, gestor, administrador, banco, etc.

Todos cobram taxas, que acabam sendo cerca de R$50 mil, podendo chegar a ainda mais. 

Isso faz com que apenas grandes instituições financeiras tenham acesso. E as pequenas e médias empresas ficam de fora. 

Com uma redução de 40% de custos, já é possível que essas empresas acessem o mercado de capitais via TIDC!

Quais são as vantagens de tokenizar? 

A tokenização permite que a gente pegue processos que já funcionam, e por estudo deles, a gente passe esses processos delegando mais funções para a tecnologia. 

Programabilidade em contratos inteligentes

Por exemplo, tenho uma CCB, elas têm pagamentos que ocorrem de mês em mês, por exemplo. Todo mês eu tenho aquela cédula pagando 1.30%. 

Quem paga? Geralmente é a devedora. Então esse processo de pagamento, se eu não tiver ele tokenizado, depende de empresas que precisam captar para distribuir para quem investiu. 

Com o advento dos smart contracts eu posso agregar todo esse processo. No momento em que ele é configurado e emitido, ele é imutável. 

Isso faz com que essas empresas, que ajudaram a escrever o contrato, consigam delegar as funções para tecnologia fazendo com que muitos intermediários tenham menos responsabilidades, o que diminui os custos

O contrato garante a redução de erros. Se não pagar, precisa de um agente de cobrança para realizar esse processo. Com o smart contract o próprio contrato vai revelar possíveis inadimplências, por exemplo, e mitigar os riscos.

Delivert vs Payment

Outro exemplo é o Delivery vs Payment, em que você precisa receber algo para poder dar a contrapartida. 

Esse conceito é aplicado em muitos fluxos na Liqi, desde o processo de captação. E também será utilizado no Drex.

Acesso a investimentos e a capital

O acesso a esse tipo de instrumento financeiro para pequenos players faz com que tenham maiores tipos de captações, aumento da liquidez, dívidas mais restritas, etc.

Com essa democratização, pequenos investidores podem comprar tokens com R$25 e empresas que desejam tokenizar recebíveis também têm mais possibilidades de captação

Você sabe o quanto vai receber e quando, o que muitos comparam com uma renda fixa digital.

Quem pode tokenizar e para quais empresas faz sentido?

A Liqi Tokens acolhe empresas de todos os setores. No site você pode cadastrar o seu projeto e o time Liqi avalia a partir de uma série de requisitos

O que inclui se faz sentido para o cliente querer esse ativo tokenizado, a questão de compliance, comercial, toda a estruturação financeira para fazer sentido para a empresa que traz o ativo também.

O potencial é vasto. A Liqi Tokens está trazendo pra mesa agora ativos que não víamos antes, com uma melhora da regulação, das falas do mercado, com a evolução da tecnologia.

O primeiro exemplo é o FIDC. Cédula de crédito de carbono já é algo que outras empresas negociam e estão tokenizando… LCI, LCA, CRI, CRA… A evolução é começar a criar estruturas maiores que envolvem esses ativos. Parece como uma evolução natural. 

Com a evolução da regulação e da tecnologia, a tokenização se torna uma alternativa viável para uma variedade de ativos, democratizando o acesso ao mercado financeiro. O futuro é a malha financeira brasileira ser tokenizada.

O Drex representa uma evolução significativa na tokenização de ativos, resolvendo diversos desafios presentes nas estruturas tradicionais. Você tem como fazer um Pix pela blockchain hoje? Não, são estruturas diferentes.

Essa rede do Drex possibilita a realização de transações mais eficientes, trazendo uma nova dinâmica para os contratos inteligentes e simplificando o processo para todas as partes envolvidas.

Como funciona o passo a passo da tokenização?

O processo de tokenização com a Liqi Tokens é simples e transparente. 

Os interessados podem acessar o site, preencher os dados cadastrais e submeter seu projeto para avaliação. 

Vamos avaliar o processo de estruturação entre as duas partes para que faça sentido para a empresa e para os clientes da Liqi. 

Temos várias ferramentas disponíveis hoje, como o site da Liqi, ferramentas white label mais personalizáveis, entre alguns exemplos. No fim, o cliente tem uma dor e a Liqi Tokens tenta resolvê-la durante esse processo de estruturação.

A equipe da Liqi avaliará a viabilidade do processo, garantindo conformidade com as regulamentações vigentes. Sempre trabalhamos com o que a CVM e o BC estão exigindo e seja viável do ponto de vista do compliance. 

Uma vez concluída a oferta, os emissores recebem o dinheiro antecipado na captação. Depois, os ativos são liquidados conforme as datas de pagamento acordadas, proporcionando total transparência aos investidores e emissores.

A blockchain é linda, mas é complexa. Para empresas e pessoas, ela não precisa ser.

Tudo o que se leva 40 minutos para explicar, para o usuário de ambas as pontas é um simples botão. É a tecnologia trabalhando para simplificar para todas as partes.

Qual o futuro da tokenização?

O futuro da tokenização é promissor, embora alguns desafios regulatórios ainda precisem ser superados. Muito já está em tramitação e é necessário entender o que vai acontecer para saber onde vamos nos encaixar e nos adaptar.

O advento do Drex abre novas possibilidades para a tokenização de uma ampla variedade de ativos, desde fundings até crédito imobiliário e agropecuário. 

A missão da Liqi Tokens é continuar testando e escalando novos modelos de tokenização, oferecendo uma infraestrutura preparada para atender às demandas futuras do mercado.

Assim, quando o mercado perceber que a tokenização não tem volta, a Liqi estará pronta com um leque de opções para atender empresas, investidores e reguladores para que não tenham que começar do zero. 

Empresas interessadas em explorar essa inovação estão convidadas a entrar em contato com a equipe da Liqi Tokens para mais informações.

Cadastre-se no site da Liqi e confira as ofertas de Tokens e as possibilidades de tokenização do seu ativo!

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece? Siga a Liqi nas redes sociais!

➜ Site: https://www.liqi.com.br

➜ Instagram: https://www.instagram.com/liqibr

➜ YouTube: https://www.youtube.com/@LiqiDigitalAssets

➜ LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/liqidigitalassets

➜ Tik Tok: https://www.tiktok.com/@liqibr

➜ Twitter: https://twitter.com/liqibr

➜ Newsletter semanal: https://lps.liqi.com.br/newsletter