podcast, talkenização, tokenização, mercado imobiliário, utility token

Talkenização #043: Tokenização de imóveis: a revolução do mercado financeiro?

calendar_month 20/09/2022

A tokenização é uma verdadeira revolução no mercado financeiro. Isso porque, graças à tecnologia Blockchain e às possibilidades existentes, praticamente qualquer ativo pode ser tokenizado, até mesmo imóveis.

Flávia Jabur conversa com Rubens Neistein sobre como a tokenização de imóveis pode representar uma grande transformação no mercado financeiro e na forma como mais pessoas acessam o mercado imobiliário.

O que são os tokens de ativos?

Antes de falar sobre o que é a tokenização, precisamos entender o que é um token, principalmente por ser algo relativamente novo e que o mercado ainda está começando a entender mais sobre.

Basicamente, um token é a representação digital de uma fração de ativo físico ou instrumento financeiro na Blockchain. Mas, além disso, um token também representa uma interface na Blockchain, programada com todas as regras de um contrato financeiro, conhecido como Smart Contract, ou contrato inteligente.

Como funciona o processo de tokenização?

O primeiro passo para tokenizar um ativo é avaliar se faz sentido, do ponto de vista mercadológico, tokenizá-lo. Em seguida, é necessário realizar a estruturação jurídica, uma vez que o token, mesmo sendo uma representação digital, precisa ter valor jurídico para quem investe nele. Isso acontece a partir dos Smart Contracts.

A etapa seguinte é a emissão do token, em que é escolhida qual a Blockchain que faz mais sentido para a operação. É aqui que o token “nasce”. Daí surgem diversos desafios, como a forma de distribuição desse token, como ele será liquidado e muito mais.

Como a tokenização de imóveis funciona?

Como o investimento em imóveis é algo muito caro, existem algumas possibilidades com a tokenização, como Rubens apresenta.

É possível, por exemplo, que as incorporadoras tokenizem o contrato de compra e venda de um imóvel na planta. É uma ótima opção para os dois lados, porque as incorporadoras podem captar o valor necessário para conduzir e concluir as obras até o fim e mais pessoas podem investir em um imóvel, tendo a possibilidade de ter um bom retorno quando o imóvel estiver concluído.

A valorização de um imóvel comprado na planta após a sua conclusão é algo que é bastante comum no mercado imobiliário.

No Brasil, existem algumas barreiras para a tokenização de imóveis. Isso porque, a partir do momento que você tokeniza um imóvel, esse token acaba se tornando algo com valor mobiliário. Daí é necessário passar pela CVM.

Quais as possibilidades da tokenização no mercado imobiliário?

existem possibilidades de atrelar tokens a imóveis de outras formas, como o exemplo de um lançamento da Vitacon que o Rubens traz no podcast, chamado Cashback Token. Nessa modalidade, a pessoa que compra um dos studios do prédio recebe esse token e ganha o direito de receber uma parcela do valor de locação de uma loja localizada no térreo do prédio. Essa parcela recebida será aplicada em um desconto no valor do condomínio. 

Esse tipo de token é o que chamamos de utility token. Não é, necessariamente, a tokenização de imóveis em si, mas é uma forma de trazer os tokens para o mercado imobiliário de forma mais prática e sem grandes burocracias.

Outra forma de aplicação da tokenização no mercado imobiliário é, por exemplo, quando já existem imóveis prontos e que já estão alugados e você pode comprar um token que dá direito a receber uma fração desse aluguel, tudo de forma automática através dos Smart Contracts.

Se interessou? Você também pode ficar por dentro de todos os episódios lançados na página oficial do nosso podcast!

Quer saber mais sobre o universo da tokenização e dos investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram e o nosso canal no YouTube.

Outros artigos

Vantagens da tokenização para o investimento em crédito | André Pina

Vantagens da tokenização para o investimento em crédito | André Pina

André Pina discute as principais vantagens da tokenização no mercado de crédito, destacando como a tecnologia blockchain pode automatizar e...

24/05/2024

Saiba mais
O que é garantia em operações de crédito, Quais são os principais tipos de garantias de crédito, Como funciona a Alienação Fiduciária, Como funciona a Cessão Fiduciária, Como funciona a garantia de Devedor Solidário, Como funciona a garantia por Fiador, Como definir qual a garantia ideal para cada tipo de operação de crédito

Como funcionam os diferentes tipos de garantias de crédito?

Quando se trata de operações de crédito e investimento, entender o papel das garantias é essencial para mitigar riscos e proteger os interesses...

23/05/2024

Saiba mais
O que é Alienação Fiduciária, Para que serve a Alienação Fiduciária, Como funciona a Alienação Fiduciária nos investimentos, O que é Cessão Fiduciária, Para que serve a Cessão Fiduciária, Como funciona a Cessão Fiduciária nos investimentos, Vantagens e desvantagens da Alienação e Cessão Fiduciária

O que é Alienação Fiduciária e Cessão Fiduciária: para que servem e como funcionam?

“Alienação Fiduciária” e “Cessão Fiduciária”  são dois termos frequentemente utilizados quando o assunto é investimentos e...

17/05/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.