criptomoedas, podcast, talkenização, capa do blogpost sobre o episódio do talkenização

Talkenização #032: Como aceitar criptomoedas na sua empresa?

calendar_month 05/07/2022

A gente sempre fala sobre como as criptomoedas estão revolucionando a forma como utilizamos o nosso dinheiro, mas, dificilmente, vemos elas serem usadas no dia a dia para além dos investimentos e negociações no mercado hoje em dia.

No episódio de hoje do Talkenização, Flávia Jabur conversa com Vinicius Kinczel, mochileiro bitcoiner e Legionário de Satoshi, sobre uma grande dúvida que muitas pessoas têm quando falamos de criptoativos: como aceitar criptomoedas em sua empresa.

Como é o cenário atual para quem possui criptomoedas?

Hoje em dia, quando pensamos nas negociações de criptomoedas, elas estão muito mais atreladas com investimentos a longo prazo e apenas no mercado financeiro. Ainda falta uma forma de colocar o uso das criptomoedas em prática, como, por exemplo, utilizá-las como pagamentos no dia a dia.

É preciso mudar o mindset na forma como as pessoas lidam com suas criptomoedas. Assim, elas poderão ser utilizadas muito além do universo dos investimentos e das reservas para o futuro.

Já imaginou ir em uma barraquinha de cachorro-quente, por exemplo, e pagar pela comida e bebida usando seus Bitcoins? Com o desenvolvimento das tecnologias e da forma como as pessoas utilizam suas criptomoedas, o futuro parece ser bem promissor.

Como aceitar cripto em seu negócio?

Hoje em dia, apesar de ser fácil na teoria, ainda é difícil na prática. As pessoas ainda não têm essa ideia de um Bitcoin ser uma moeda paralela ao real. Muitos ainda pensam no valor da criptomoeda atrelado à nossa moeda.

Se você tiver um pequeno negócio, como na barraquinha de cachorro-quente utilizada como exemplo acima, o processo se torna mais simples. Você só precisará de uma wallet em seu celular para poder aceitar pagamentos em Bitcoin e ela vai, automaticamente, fazer o cálculo de quantos Bitcoins vai valer o seu produto de acordo com a cotação do dia.

Vinicius acredita que o uso das criptomoedas como forma de pagamento será uma revolução debaixo para cima, começando pelos empreendedores menores, justamente pela facilidade de colocar na prática a venda de seus produtos com Bitcoins. Isso porque grandes empresas necessitam de diversos setores para aprovar, como sócios, financeiro, jurídico e etc.

Claro que é importante fazer um equilíbrio entre aceitar o Bitcoin como forma de pagamento e utilizá-lo, também, como reserva de valor, uma vez que o mercado é volátil, mesmo com a criptomoeda tendo seus fundamentos bem sólidos.

Se interessou? Você pode ficar por dentro de todos os episódios lançados na página oficial do Talkenização!

Quer saber mais sobre o universo da tokenização e dos investimentos no Brasil e no mundo? Confira o perfil da Liqi no Instagram.

 

Outros artigos

O que é Liqi Tokens; O que faz sentido tokenizar; Quais as oportunidades dos TIDCs; Quais são as vantagens de tokenizar; Quem pode tokenizar e para quais empresas faz sentido; Como funciona o passo a passo da tokenização; Qual o futuro da tokenização

Liqi Tokens: quem pode tokenizar, o que pode ser tokenizado e como funciona?

O produto Liqi Tokens permite a tokenização de ativos e produtos financeiros e abre novas oportunidades de captação e antecipação para...

28/02/2024

Saiba mais

Quais as vantagens da blockchain para o mercado financeiro?

Neste episódio do Cortes Talkenização, Guto Antunes (Head de Digital Assets do Banco Itaú) discorre sobre a importância da blockchain na...

23/02/2024

Saiba mais
O que é a Hyperledger Besu. Quais os casos de uso da Hyperledger Besu. Em quais setores a Hyperledger Besu pode ser utilizada? .Por que a Hyperledger Besu foi escolhida para o Drex (Real Digital).

Hyperledger Besu: como funciona, quais as aplicações e vantagens?

A Hyperledger Besu foi a DLT escolhida pelo Banco Central para o projeto piloto do Drex (também chamado de Real Digital). No mais novo episódio do...

21/02/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.