Uma das dúvidas que muitas pessoas possuem é como obter as informações de um token na Blockchain. A Liqi te ajuda a descobrir!

Como obter as informações de um token na Blockchain?

calendar_month 09/07/2021

A Blockchain é bastante conhecida por aqueles que estão no mercado de investimentos, principalmente quando falamos sobre a tokenização de ativos. Afinal de contas, é ela que concentra todas as informações relacionadas às transações realizadas.

Entretanto, uma das dúvidas que muitas pessoas possuem é como obter as informações de um token na Blockchain

Por isso, preparamos este artigo com tudo o que você precisa saber sobre esse assunto!

Boa leitura!

O que é e como funciona a Blockchain?

Você sabia que foi a partir do bitcoin, em 2008, que a tecnologia da Blockchain foi executada pela primeira vez? Por conta desse evento, o ano ficou marcado como o do surgimento dela.

Mas é importante ressaltar que a Blockchain não é apenas uma única tecnologia feita para resolver todos os problemas relacionados ao mercado. Ela incorpora diversas tecnologias e estudos voltados para as mais diversas áreas, como, por exemplo:

  • criptografia de chaves;
  • hashing numbers;
  • autenticações;
  • entre muitas outras!

Podemos dizer que a Blockchain funciona como um livro contábil. É nela que estarão concentradas todas as informações relacionadas às transações realizadas, como, por exemplo, a quantia de tokens transacionados, quem os enviou e recebeu, a data das transações e muito mais!

As informações ficam armazenadas em blocos que possuem data e hora e, de tempos em tempos, blocos novos são formados e se unem aos que já existem. Por isso o nome, que, traduzido para o português, significa “cadeia de blocos”. E essa cadeia é imutável!

Antes de serem inseridas na cadeia, todas as informações são validadas e precisam, obrigatoriamente, ser aprovadas. Assim que o processo é completado, elas ganham um código formado por letras e números que será a nova “identidade” de cada uma das informações.

Assim, podemos concluir facilmente que uma das principais importâncias da Blockchain é manter registradas todas as transações e garantir a segurança dos dados presentes nelas.

Como você pode obter as informações de um token na Blockchain?

Para responder essa pergunta, primeiramente precisamos explicar brevemente sobre o conceito das wallets. Elas permitem a realização de transações, monitoramento e armazenamento de tokens.

Entretanto, as wallets serviram apenas como uma interface de controle e acesso dos seus criptoativos. Todos os registros (as datas das transações, quem são os detentores dos tokens, a quantidade que cada um possui) ficam registradas na Blockchain.

Para que você possa interagir com um token na Blockchain, é necessário que tenha a chave necessária para isso. E é aí que entram as wallets.

As wallets se comunicam com a Blockchain e gerenciam os pares de chaves públicas/privadas relacionadas ao endereço dela. E apenas a pessoa que possui a chave privada pode acessar os tokens.

Se o token representar um ativo, o proprietário pode iniciar a transferência dos tokens assinando com sua chave privada, que, por sua vez, gera uma impressão digital ou assinatura digital.

Caso o token represente um direito de acesso a algo que outra pessoa possui, o proprietário desse token pode iniciar o acesso assinando com sua chave privada, criando assim, uma impressão digital. 

Mas, se o token representar uma votação, o proprietário desse token pode votar assinando com sua chave privada, criando uma assinatura digital.

E essa não é a única forma de encontrar informações sobre um token na blockchain!

Cada token também possui um endereço na blockchain na qual foi emitido. E você pode acessar esse endereço para ter acesso às informações, incluindo aquelas que estão presentes no Smart Contract.

É simples assim! Basta você acessar a sua wallet ou o endereço do token na blockchain que você pode ler todas as informações relacionadas.

Afinal, é seguro?

Entenda que um fato importante sobre a Blockchain é que ela é totalmente descentralizada. Isso significa que ela não conta com um servidor central de armazenamento de dados, mas, sim, vários servidores conectados entre si.

Eles utilizam a computação em nuvem para processar, reunir e armazenar todos os blocos de dados e estão espalhados por todo o mundo. Com essa descentralização, há uma maior proteção para tudo o que está contido na Blockchain e as invasões aos dados se tornam mais difíceis.

Investir em tokens pela Blockchain é seguro, uma vez que os dados não podem ser alterados. Além disso, por conta do processamento, organização e armazenamento descentralizado deles, você evitará dores de cabeça envolvendo o roubo de informações.

Para garantir que todas as transações sejam devidamente cumpridas pelas partes acordadas, a Blockchain ainda conta com a tecnologia dos Smart Contracts. 

Esses contratos digitais garantem a validação jurídica e dão ainda mais segurança ao processo de tokenização.E agora você já sabe mais sobre a Blockchain e como obter as informações de um token nela, que tal conhecer mais deste universo? Confira o perfil da Liqi no Instagram!

Outros artigos

Como funcionam as DLTs e Blockchain? | Tatiana Revoredo

Tatiana Revoredo explica quais as principais diferenças entre as blockchain públicas e as blockchains privadas (conhecidas como DLTs). Segundo...

07/06/2024

Saiba mais
O que é uma securitizadora e qual o seu papel no mercado financeiro, O que é securitização, Que tipos de ativos podem ser securitizados, como CRA, CRI, Debênture e Certificado de Recebíveis, Quais são os principais pilares da securitização, Qual é o processo de securitização, Por que investir em títulos securitizados e Quais são as tendências para o futuro da securitização com o uso de blockchain e tokenização.

O que é securitização, o que fazem as securitizadoras e qual sua importância para o mercado financeiro?

A securitização é um processo financeiro complexo, mas essencial no mundo moderno dos investimentos e finanças. Vamos descomplicar o tema e...

05/06/2024

Saiba mais
Vantagens da tokenização para o investimento em crédito | André Pina

Vantagens da tokenização para o investimento em crédito | André Pina

André Pina discute as principais vantagens da tokenização no mercado de crédito, destacando como a tecnologia blockchain pode automatizar e...

24/05/2024

Saiba mais

Saiba das novidades cripto antes de todo mundo!

Assine a nossa newsletter semanal e receba todas as atualizações sobre o mercado que nunca para.